loader image

Leitura de Psicanálise

Grupo de leitura dedicado ao estudo dos textos de Freud e Lacan.

Grupo de Leitura de Psicanálise


O estudo da psicanálise

Este grupo de leitura dedica-se à leitura e ao estudo dos textos de Freud e Lacan, seguindo a Orientação Lacaniana.

Sua intenção é ser um espaço para o estudo e aprofundamento dos conhecimentos em psicanálise, principalmente com efeitos de formação e de subjetivação.

O texto atual

Além do Princípio do Prazer

O Eu e o Id

Sigmund Freud – 1920 e 1923

Toda 6a-feira
das 8h30 às 10h – Brasil
das 12h30 às 14h – Portugal
das 13h30 às 15h – Espanha e Bélgica

O Grupo

Este grupo de leitura constituiu-se em Portugal como uma atividade destinada a quem quer estudar a Psicanálise. Partirá da leitura dos textos fundamentais de Freud e Lacan e terá espaço para o debate a partir dos textos.

Será realizado através de reuniões periódicas via Zoom. Está aberto a todos os interessados pelo tema.

Inscrições

As inscrições estão abertas e a participação deseja-se livre e engajada.

Para participar, entre em contacto:

  • +351 912 104 122
  • nos@nosbobos.com
  • @nosbobos

A Leitura da Psicanálise

Seres falados e falantes

Cada individuo da espécie é atravessado pela linguagem e com ela se torna um ser humano.
O sujeito (da psicanálise) é um ser falado e falante.
A Psicanálise tem por matéria prima a fala desse ser falado e falante.

Podemos pensar que a Psicanálise é uma espécie de leitura daquilo que se diz. Todavia, não é uma leitura comum.

A leitura da Psicanálise

A leitura da Psicanálise não é uma leitura que busca a partilha de sentidos. Também não é a leitura feita com um significado a partir do senso comum, onde o que se compreende é quase independente e desvinculado das palavras que foram ditas – o ouvinte entende o que quer entender.

Partir efetivamente da palavra que é dita: esta é a chave de leitura da Psicanálise, uma leitura que chamam de «ao pé da letra», uma leitura feita a partir dos significantes que cifram algo.

O objetivo de ler Freud e Lacan

Ouvimos muito falar sobre o que disseram Freud e Lacan. Mas o que é que eles efetivamente disseram?

Queremos conhecer o que eles efetivamente escreveram, queremos ler, interpretar e conhecer a partir do que está escrito. Queremos buscar as palavras que eles escreveram, queremos ler as palavras que eles deixaram através da sua fala ou da sua escrita. Queremos ler as suas próprias palavras e perceber o percurso que fizeram para desenvolver os conceitos e as conceções que sustentam a prática da psicanálise.

Este é o objetivo do Grupo de Leitura: ler as palavras que Freud e Lacan utilizaram para, a partir desta «moterialidade» – a materialidade da palavra (mot) – pensar e decifrar os conceitos psicanalíticos.

Os textos já lidos

  • Freud: O Inconsciente
  • Freud: As Pulsões e seus Destinos
  • Freud: Introdução ao Narcisismo
  • Lacan: O estádio do espelho como formador da função do Eu

Referências


Textos

Freud, Sigmund. Introdução ao Narcisismo. Obras Completas volume 12, p. 13-50. Companhia das Letras. 2010.

Freud, Sigmund. O Inconsciente. Obras Completas volume 12, p. 99-150. Companhia das Letras. 2010.

Freud, Sigmund. Os Instintos e seus Destinos. Obras Completas volume 12, p. 51-81. Companhia das Letras. 2010.

Lacan, Jacques. Posição do inconsciente no Congresso de Bonneval. Escritos, p. 843. Campo Freudiano do Brasil – Jorge Zahar Editor Ltda. 1998.

Sites relacionados

Textos da Nós Bobôs